5 aplicativos indispensáveis para jornalistas

De um lado, sabe-se que o gravador, o bloco de anotações, o notebook e a câmera fotográfica são itens indispensáveis para a rotina jornalística. Mas, só quem atua na área sabe que nem sempre tais equipamentos estão à disposição no momento em que mais precisamos deles.

Felizmente, hoje há uma grande gama de aplicativos que podem ser utilizados na atuação jornalística, auxiliando tais profissionais durante coberturas inesperadas.

Com base nisso, neste artigo separamos os 5 aplicativos que devem ser baixados o quanto antes nos dispositivos móveis de profissionais jornalistas. Vamos lá?

1. Dropbox

O Dropbox é uma ferramenta utilizada para o armazenamento em nuvem de arquivos dos mais diferenciados formatos. Disponível gratuitamente tanto para plataforma Android como iOS, esse aplicativo é fundamental para que os jornalistas possam adicionar materiais remotamente, a fim de fazer com que o editor da matéria/reportagem possa acessá-la instantaneamente da redação ou de onde estiver.

5 aplicativos indispensáveis para jornalistas

2. Evernote

O Evernote, como seu próprio nome já nos dá a entender, é uma espécie de bloco de notas digital. Com ele, é possível realizar anotações, organizar a sua agenda com tarefas e até mesmo anexar documentos/imagens. Esse aplicativo conta com uma versão gratuita e outra paga. Para a segunda, há a possibilidade de compartilhamento de arquivos em grupos para que todos possam editá-lo ao mesmo tempo.

3. Dicionário Priberam

Já o dicionário conta com versões gratuitas e pagas para as plataformas Android, Windows Phone e iOS. Esse aplicativo é formado por 16 diferentes dicionários – não só de significados, como também de antônimos, sinônimos, locuções e outros. Neste sentido, ele se torna um verdadeiro aliado para a produção de materiais jornalísticos.

4. Hootsuite

O Hootsuite é um verdadeiro gestor de redes sociais – o que inclui o Facebook, Twitter, Pinterest e outras contas.

Com a ajuda deste aplicativo é possível acompanhar uma grande gama de perfis e páginas nas redes sociais ao mesmo tempo, ou seja, em uma só plataforma. Com o aplicativo também é possível filtrar o que é enviado como sugestão para os concorrentes. Tal filtro pode ser realizado exatamente de acordo com os interesses do jornalista: por página, por perfil ou até mesmo por hashtag. E o melhor de tudo é que essa ferramenta é totalmente gratuita.

aplicativos para jornalistas

5. SoundNote

Durante uma entrevista, todo jornalista utiliza algum tipo de programa para gravar a conversa – mesmo para as mais simples, uma vez que ele pode se esquecer de anotar alguma fala importante de sua fonte – que posteriormente, será utilizada para produção do material.

E já imaginou se, ao invés de unicamente gravar, você também pudesse ‘desenhar’ e fazer anotações ao mesmo tempo? Pois é: com o SoundNote isso é possível.

Com o aplicativo o profissional jornalista consegue manter total controle de todos os detalhes da entrevista – o que inclui não só o áudio na íntegra, como possíveis imagens ou anotações.

A única ‘parte ruim’ deste aplicativo é que por enquanto ele está disponível unicamente para iPad. Com a última atualização da plataforma iOS (7) os jornalistas também poderão editá-lo no próprio dispositivo móvel.

 

[Infográfico exclusivo] 5 erros que destroem o seu site de notícias